Evangelho do dia 09/07/2017

Santa Paulina

Ver Deus nos pobres e enfermos foi o que levou Paulina a glória dos altares. Tomem sobre vós o meu jugo e sede meus discípulos. O Deus revelado por Jesus é um Deus diferente daquele que eles pregavam na época. Um Deus que não segue os padrões de rigidez preestabelecidos.

Os sábios e entendidos rejeitaram o enviado do Pai e por isso os pequenos, ao contrário, acolheram a revelação e se alegraram com o encontro com deus misericordioso e bondoso.

Zc 9,9-10: O rei humilde vem ao teu encontro. Na antiguidade eram normais cortejos reais exibindo despojos de guerra etc. Jesus chega diferente e não impõe o seu domínio através da guerra. Ele vem montado sobre um animal de carga. Ele vem pra trazer a paz sobre a terra.

Rm 8,9. 11-13: Viver com humildade. Nós recebemos o espírito Santo para podermos viver como Jesus viveu. Não é possível viver segundo o espírito e segundo a carne. Escolher um e outro. Mostra Paulo o estrago que causa quando se vive dividido. Viver segundo o espírito é viver na mansidão, na misericórdia e na acolhida do outro.

Mt 11,25-30: Os sábios, orgulhosos e entendidos Galileu que organizavam a vida do povo segundo cálculos econômicos, padrões sociais e leis religiosas. Os pequenos são aqueles que são capazes de acolher e entender que um novo mundo é possível. O contacto com Jesus os faz entender que um mundo novo é possível. Esta passagem proclama uma inversão evangélica, ou seja, a revelação de que o conhecimento supremo se adquire no amor mútuo, na ternura e na acolhida do pecador.

O modo de viver de Jesus é que dá o verdadeiro conhecimento. A verdade sobre Deus é entendida pelo coração. Deus não se encontra nas leis de mercado, nem nos padrões sociais nem na rigidez das normas religiosas, mais sim na experiência do jeito de ser de Jesus. Esta é a causa da admiração e do louvor de Jesus.

Este não é um mestre que distancia as pessoas de Deus. Este está sempre pronto a tirar o pecado que pesa sobre nós.

Somos chamados a ser cristãos e isso significa viver como Cristo viveu. Assim vivendo então poderemos ir nos assemelhando cada dia mais ao Pai e não ficamos apenas nos sacramentos ou práticas descomprometidas.