jesus-e-zaqueu

O Amor de Deus é para todas as criaturas, se assim não fosse ele não as teria criado. Ele fecha os olhos ao pecado porque é o senhor da vida e esta é o que deve ser contada acima de tudo. Este encontro, segundo a primeira leitura acontece pela adoração ao verdadeiro Deus e na segunda pelo trabalho diário que realiza o seu projeto no mundo. Fazer acontecer o Reino já aqui na terra e não ficar apenas esperando pelo Reino dos céus. Deus vem ao encontro dos seus na pessoa de Jesus. Não precisa subir para encontrar Jesus pios ele está conosco é o Emanuel. Zaque considera-se pequeno e precisa subir para ver Jesus que está passando. A multidão o impede de ver Jesus, pois esta não gosta muito dele pela sua atuação na sociedade. A multidão entende que pelo mal que ele faz á sociedade, roubando, desviando e traindo o povo é o que o impede de ver Deus. Ele então vence a sua baixeza e a multidão sendo criativo e subindo na árvore. Jesus o olha com carinho. Como não sei rezar quero apenas te olhar. Os olhares se cruzam e o amor acontece. Jesus se convida para ir até sua casa e a alegria toma conta daquele desprezável coração. Jesus o faz descer de sua alta posição e assim seu coração, sua casa se enche de luz. Na pessoa desse peregrino estava a visita de Deus. Ele subiu para ver Jesus e Jesus já havia descido. O rico mais baixinho é transformado em um grande homem pela humildade e pela misericórdia. Esta misericórdia de Deus provoca a misericórdia humana, vou devolver quatro vezes mais, o dobro do que era pedido na época. Este é justamente o motivo da vinda de Jesus. A transformação interior que leva a transformar as estruturas exteriores. A sociedade é transformado em suas estruturas, o mal é gravemente atingido e por isso o sonho de um mundo novo renasce. Este foi um grande dia em que Deus se revelou bem maior que o pecado, que o mal. Zaque e Jesus cada um parece não querer nada mais conseguem tudo um do outro. A critica da sociedade injusta revela um esforço do mal tentando manter o seu domínio.

Estamos vivenciando o mês missionário e ser missionário, evangelizar e provocar esse encontro de Jesus com a pessoa e desta com Jesus. Muitas vezes precisamos ajudar as pessoas a subirem na árvore. Dar um empurrãozinho para que os olhares se encontrem. Alem de não impedir, como multidão que somos, o encontro, fazer com que a pessoa deixe de lado tudo o que a torna baixa, tudo o que rebaixa a pessoa e assim se elevar. No meio da multidão é muito fácil a pessoa viver na solidão. Encontrar um olhar amoroso e misericordioso nessa multidão é encontrar a própria salvação. este encontro fica mais fácil quando se usa a criatividade para elevar-se acima de tudo o que impede o encontro. Hoje a salvação chegou a esta casa, pois também este é um filho de Deus, isso é, ontem não havia salvação, pois ele estava vivendo como servo, escravo, de seus caprichos e por isso da dinheiro e da vida fácil.

Celebremos com júbilo e gratidão por este mês que termina!

P. Sebastião de Oliveira Silva